Horror em Paris: Influenciadora brasileira é brutalmente agredida pelo namorado

A influenciadora brasileira Janaina Santos dos Prazeres, de 35 anos, sofreu uma tentativa de feminicídio pelo namorado, Kalel, em Paris.

Tentativa de feminicídio em Paris: influenciadora detalha momentos de terror

A influenciadora brasileira Janaina Santos dos Prazeres, de 35 anos, sofreu uma tentativa de feminicídio pelo namorado, Kalel dos Santos Dias, enquanto estavam em Paris.

Continua após o anúncio
Janaina Prazeres
Tentativa de Feminicídio em Paris: Influenciadora Detalha Momentos de Terror/Foto: Reprodução

Janaina relatou que as agressões ocorreram na semana passada, dentro do quarto de hotel onde o casal estava hospedado. Segundo a influenciadora, ela foi brutalmente atacada com socos no rosto e sofreu uma tentativa de enforcamento.

Janaina, conhecida por seu trabalho nas redes sociais, descreveu o momento de horror e a sensação de que não sobreviveria. “Pensei que ia morrer”, disse ela.

Após conseguir escapar do agressor, Janaina foi levada ao hospital, onde descobriu que havia fraturado a órbita ocular, o nariz e o maxilar devido à violência dos golpes.

Continua após o anúncio

VEJA TAMBÉM:

Depois de receber atendimento médico, Janaina procurou a polícia de Paris e formalizou uma queixa contra o namorado.

Kalel dos Santos Dias foi preso e o caso está sendo investigado pelas autoridades francesas. (Veja o boletim de ocorrência.)

Janaina Prazeres relata horror em Paris: “Pensei que Ia Morrer”

Com curativo no rosto e visivelmente abalada, a influenciadora brasileira Janaina Santos dos Prazeres fez um vídeo emocionante narrando toda a tentativa de feminicídio que sofreu em Paris.

No vídeo, Janaina detalha o horror que viveu nas mãos do namorado, Kalel dos Santos Dias, descrevendo as agressões brutais que a levaram a fraturar a órbita ocular, o nariz e o maxilar.

Continua após o anúncio

Após o ataque, Janaina conseguiu fugir e buscar ajuda em um hospital em Paris. Ela formalizou uma queixa contra Kalel, que foi preso pelas autoridades francesas. O caso está sendo investigado na França.

Deixe sua opinião