Filha de Sandra Annenberg revela reação chocante da mãe após se assumir

Elisa e Sandra Annenberg (foto: Divulgação)
Elisa e Sandra Annenberg (foto: Divulgação)

Elisa Annenberg, de 19 anos, enfrentou críticas e ataques após compartilhar sua orientação sexual durante o Dia do Orgulho LGBTQIA+. Como filha dos jornalistas Sandra Annenberg e Ernesto Paglia, ela recebeu um apoio incondicional por parte de seus pais, o que fez toda a diferença. A reação da mãe ao descobrir foi extremamente positiva, proporcionando um apoio e aceitação inestimáveis.

Continua após o anúncio

“Foi muito especial. Meus pais foram muito receptivos e eu não esperava nada menos, porque são pessoas muito cultas e que sempre demonstraram apoio à comunidade. Nunca foi uma coisa de me sentir intimidada, sempre me senti muito abraçada”, revelou ela em entrevista ao Gshow.

Filha de Sandra Annenberg se assume

Apesar de inicialmente não ter planejado tornar pública a sua orientação sexual, Elisa Annenberg sentiu um grande alívio depois de compartilhar uma postagem em seu perfil do Instagram para falar sobre o assunto.

“Foi uma decisão muito em cima da hora, veio do coração. É um sentimento real de que a gente não deveria dar satisfação para ninguém. O que importa é saber que a gente é, respeitado, sem ter medo de sofrer violência”, revelou.

Anúncio

Mas, apesar dos ataques, ela agradeceu o apoio dos seus seguidores. “Cada vez mais as pessoas estão sendo mais gentis e respeitosas, mesmo pensando diferente. É importante a gente saber que não está fazendo nada errado, pelo contrário. A gente está amando quem a gente ama. Quem não ama o próximo é que está errado”, contou.

Sandra Annenberg defende a filha de ataques homofóbicos

Apresentadora Sandra Annenberg (Foto: Reprodução)
Apresentadora Sandra Annenberg (Foto: Reprodução)

Então, após a revelação de Elisa, Sandra Annenberg veio à público e defendeu a filha dos ataques. “Ela nunca definiu nenhuma sigla. Eu respeito qualquer posição que ela tenha. Acho que não tenho nem que questionar isso. Como eu defendo que a sexualidade é de cada um, nunca coloquei rótulos na de ninguém. Ninguém diz que é hétero, então também ninguém tem que dizer que não é”, disse a jornalista.

Deixe sua opinião

Send this to a friend