Daniela Lima deixa CNN Brasil e fecha com a GloboNews após desentendimento

Daniela Lima (Foto: Divulgação)
Daniela Lima (Foto: Divulgação)

A jornalista Daniela Lima, que ocupava o cargo de principal apresentadora da CNN Brasil, anunciou sua demissão do canal de notícias nesta quinta-feira (22).

Continua após o anúncio

A notícia causou surpresa nas redes sociais e entre seus colegas de profissão, especialmente por ter ocorrido exatamente no dia em que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) julgou a inelegibilidade de Jair Bolsonaro (PL), um assunto no qual Daniela frequentemente confrontava o ex-presidente como âncora.

No entanto, o verdadeiro motivo por trás da saída de Daniela foi outro: ela está se juntando à equipe da GloboNews após demissão.

Daniela Lima deixa CNN Brasil

A CNN Brasil confirmou o término do contrato com Daniela Lima e afirmou que a separação ocorreu de maneira amigável. Em um comunicado enviado ao Notícias da TV pela CNN, Daniela fez elogios ao canal:

Anúncio

“Desejo vida longa à CNN Brasil, ainda mais sucesso a cada um dos profissionais que atuam no canal. Guardo profundo respeito e agradecimento por todo o aprendizado, oportunidade e liberdade de atuação que encontrei na casa, fundamentos que fizeram da emissora uma das maiores referências de jornalismo com qualidade do país”, disse em nota.

Desde dezembro de 2019, Daniela Lima fazia parte da equipe da CNN Brasil, sendo contratada antes mesmo da inauguração do canal, em março de 2020. Para aceitar o convite, ela precisou deixar a apresentação do programa Roda Viva, da TV Cultura, o qual havia assumido apenas quatro meses antes. Além disso, durante seu tempo na CNN, Daniela se destacou por sua habilidade em cultivar fontes e por fornecer informações exclusivas. Seus furos jornalísticos foram notáveis.

Sumiço causa estranheza

Daniela Lima (Foto: Divulgação)

Na última quinta-feira, Daniela esteve presente na redação da CNN, porém não apresentou o telejornal CNN 360, sendo substituída por Raquel Landim. Nos bastidores do canal, surgiram comentários sobre sua possível insatisfação com restrições editoriais, incluindo a suposta falta de liberdade para abordar temas como Bolsonaro, Sergio Moro (União Brasil), Arthur Lira (PL-AL), Lava Jato e STF.

Então, nas redes sociais e fóruns de discussão relacionados à televisão, a ausência de Daniela Lima durante o julgamento de Bolsonaro foi amplamente observada. Alguns levantaram suspeitas de que ela poderia não ter concordado com um suposto veto a críticas ao ex-presidente.

Deixe sua opinião

Send this to a friend