Velório de Maradona acontece na Argentina; tumulto e emoção tomam conta

Maradona, maior ídolo do futebol da Argentina (Foto: Reprodução)
Maradona, maior ídolo do futebol da Argentina (Foto: Reprodução)

Velório de Maradona na Argentina tem tumulto e emoção

O início do velório de Diego Armando Maradona (1960-2020), que faleceu no início da tarde de quarta-feira (25), está sendo realizado na cidade de Tigre, na Argentina e teve início com tumulto em frente a Casa Rosada, sede do governo Argentino, que fica em Buenos Aires.

Continua após o anúncio

Veja também – Fernando Zor, após realizar transplante, mostra boa evolução e comove fãs

Um jornal argentino registrou que houve empurra-empurra no momento de abertura dos portões, e houve até confronto entre os fãs e policiais presentes no local. Mesmo durante a pandemia da Covid-19, há excesso de pessoas causando aglomeração e desrespeitando a orientação dos órgãos internacionais sobre a prevenção do contágio à Covid-19.

Veja também – Rodrigo Faro é massacrado na internet após ser acusado de ostentar fortuna e reage: “Comecei com R$ 2 mil”

Continua após o anúncio

A quem está indo até o local do velório, está sendo permitido passar pelo caixão rapidamente para fazer sua despedida do maior ídolo do futebol argentino até às 16h de hoje. A previsão é que mais de 1 milhão de pessoas passem pelo local para a despedida.

Maradona, grande ídolo da Argentina (Foto: Reprodução)
Maradona, grande ídolo da Argentina (Foto: Reprodução)

Ainda sobre a matéria

O caixão do jogador de futebol Maradona está fechado e sobre ele tem uma bandeira da Argentina e duas camisas, uma da própria seleção argentina e outra do Boca Juniors. O craque sempre frequentava o estádio La Bombonera para ver o clube pelo qual era apaixonado.

Segundo informações do jornal argentino Clarín, Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, cidade que fica próxima a capital argentina, Buenos Aires. A autópsia preliminar feita no ex-jogador indicou morte por insuficiência cardíaca aguda.

Continua após o anúncio

O ex-jogador sofreu uma delicada cirurgia no cérebro no começo do mês de novembro e recebeu alta oito dias depois. Em um resumo de sua carreira, Maradona registrou 34 gols em 91 jogos pela equipe nacional.

Deixe sua opinião

Send this to a friend