Tainá Müller, de Flor do Caribe, entrega drama nos bastidores da novela: “Gritava de pavor”

Tainá Müller relembra memórias de Flor do Caribe (Foto: Reprodução)
Tainá Müller relembra memórias de Flor do Caribe (Foto: Reprodução)

Tainá Müller relembra memórias de Flor do Caribe

Exibida em edição especial no horário das 18h, da Globo, Flor do Caribe tem despertado boas recordações na atriz Tainá Müller, que lembra com apreço das memórias das filmagens.

Ela que vivia a personagem Mila, uma menina mimada que se recusava a aceitar o namoro de sua mãe, Natália (Daniela Escobar), com o pescador Juliano (Bruno Gissoni), por conta da diferença de idade entre o casal, contou que os piores momentos eram as gravações no mar.

Veja também: Mel Maia quebra silêncio sobre acusações de agressão e ameaças e se defende: “Sem fundamento”

Em entrevista divulgada pela Globo, Tainá Müller contou que passou sufoco e as cenas na água não foram nada fáceis. “Teve uma cena, que foi bem na época de caranguejo na Marambaia e não tinha um lugar na água que não pisasse em cima de um”, lembra.

Tainá Müller relembra memórias de Flor do Caribe, da Globo (Foto: Reprodução)
Tainá Müller relembra memórias de Flor do Caribe (Foto: Reprodução)

E continuou: “Tive que respirar, entrar na água e dar o texto para o Bruno Gissoni, que estava em um barco, enquanto os caranguejos beliscavam meu pé. Quando dava o ‘corta!’ entre uma cena e outra, eu gritava de pavor. No ‘ação’, fingia normalidade”, recorda a atriz que hoje acha graça da situação.

Ainda sobre a matéria

A trama de Walther Negrão também propiciou grandes amizades nos bastidores com Maria Joana, que interpretava sua irmã, e Daniela Escobar. O trabalho resultou também em oportunidades no futuro de Tainá Müller.

Veja também: Reinaldo Gottino enfrenta dura fase na Record e tem intimidade exposta por repórter: “É fod*”

“Foi fazendo essa personagem que os diretores Leo Nogueira e Jayme Monjardim conheceram meu trabalho, o que gerou o convite para o teste da personagem Marina, de Em Família [2014]. A Mila me proporcionou isso, um degrau importante na minha trajetória”, pondera a atriz.

Flor do Caribe permitiu ainda o aprendizado sobre como é a dinâmica de atuar em uma novela. “Aprendi mais um pouco sobre obra aberta, pois a Mila começa de um jeito na trama e termina de outro completamente diferente. Foi muito bom estar aberta aos autores e ao público, nessa criação coletiva”, disse Tainá Müller.

Parece que você bloqueou as notificações!

Siga o Gerou Buzz no Google Notícias e receba informações bombásticas das novelas, TV, e famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Juliana Santos
Me chamo Juliana, moro em Brasília, tenho 23 anos. Sou Jornalista, formada na Universidade Católica de Brasília (UCB). Escrevo sobre entretenimento há 4 anos. Atualmente, coordeno também o portal A Brasília.
site statistics