Mansão de Agnaldo Timóteo sofre incêndio, entra em ruínas e é invadida após morte do cantor

Após morte, mansão de Agnaldo Timóteo é alvejada por vandalistas. (Foto: Reprodução)
Após morte, mansão de Agnaldo Timóteo é alvejada por vandalistas. (Foto: Reprodução)

Agnaldo Timóteo, morto em 2021 aos 84 anos, acumulou uma imensa fortuna no decorrer de sua carreira. Apesar disso, os bens mais valiosos do artista estão em ruínas atualmente. Entre eles, a mansão foi a residência do artista por tantos anos, já sofreu degradações, invasão de assaltantes e até mesmo um incêndio.

Continua após o anúncio

Avaliada em R$ 10 milhões, segundo A Tarde é Sua, a mansão do artista foi apedrejada em determinada ocasião. Uma semana depois, o imóvel foi novamente alvo de criminosos que incendiaram o local. Em suma, tudo isso ocorreu pouco depois da justiça reconhecer Keity, filha adotiva do cantor, como herdeira legal dos bens e da mansão de Agnaldo.

A mansão, localizada no Rio de Janeiro, atualmente está completamente abandonada. Segundo testemunhas, durante o incêndio, uma funcionária que estava dentro da casa conseguiu impedir que ele se alastrasse. Ainda segundo as mesmas testemunhas, o incidente teria sido provocado por um homem e uma mulher. De modo geral, a família do artista é contra o reconhecimento da jovem como sua filha e herdeira. Sendo assim, ela tem sofrido diversos tipos de humilhações e retaliações por parte dos “familiares”.

Invasão à mansão de Agnaldo Timóteo

Mansão de Agnaldo Timóteo. (Foto: Reprodução)
Mansão de Agnaldo Timóteo. (Foto: Reprodução)

Como se não fosse o suficiente, outros ataques também têm se tornado mais recorrentes à mansão desde a decisão judicial que colocou a filha adotiva como herdeira legítima dos bens de Agnaldo.

Anúncio

Sem razões claras, um homem em situação de rua, que tinha em mãos as chaves da casa, foi até a residência e frequentou algumas de suas áreas externas. Em suma, a maior hipótese é a de que alguém de confiança tenha feito a cópia da chave da casa para que houvesse uma invasão proposital.

Apesar de todas essas ocorrências, não divulgaram mais nenhuma nova ocorrência em relação à residência nos últimos meses.

Deixe sua opinião

Send this to a friend