Maju Coutinho tem posto ameaçado por César Tralli após sucesso e sofre rasteira na Globo: “Explodiu”

Enquanto Maju Coutinho curte férias, César Tralli  comanda Jornal Hoje (Foto: Reprodução)
Enquanto Maju Coutinho curte férias, César Tralli comanda Jornal Hoje (Foto: Reprodução)

Enquanto Maju Coutinho curte férias, César Tralli está no comando do Jornal Hoje

Maju Coutinho conquistou o carinho dos telespectadores como  âncora do “Jornal Hoje”. No momento, enquanto a jornalista curte férias, César Tralli está no comando da atração. A titular deve retornar ao telejornal somente no dia 17 de dezembro.

Continua após o anúncio

Com a saída temporária da apresentadora do comando do jornal, o apresentador interino  tem conquistado o público com seu carisma, que chegaram a pedir que o jornalista ocupe de vez o cargo. A audiência do jornal explodiu e o jornalista colocou o canal na liderança de forma isolada.

Enquanto Maju Coutinho curte férias, César Tralli  comanda Jornal Hoje (Foto: Reprodução)
Enquanto Maju Coutinho curte férias, César Tralli comanda Jornal Hoje (Foto: Reprodução)

Em suas redes sociais, Maju divulgou uma vaquinha online com o objetivo de ajudar a família de duas crianças, Rebecca e Emily. As duas meninas foram mortas enquanto brincavam na porta de suas casas, na comunidade Santo Antônio.

Veja também: Maju Coutinho deixa de vez o JH e César Tralli assume com anúncio avassalador: “Brasil agradece”

Anúncio

“Ajude a família  de Rebbeca e Emily a se manterem de pé depois da tragédia”, disse ela. Segundo informações dos parentes, o crime contra as meninas foi cometido por policiais.

O setor de balística do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), da Secretaria de Polícia Civil, vai estudar se é possível realizar o confronto balístico a partir de um fragmento das balas que foram localizadas no corpo das crianças.

Mais sobre a matéria

Veja também: Paulo César Santos, vocalista do Roupa Nova, morre de Covid-19 após internação

Recentemente, a jornalista foi alvo de racismo em suas redes sociais. Maju não se calou e denunciou os comentários racistas as autoridades. No entanto, as investigações ligaram o profissional de TI Kaíque Batista como o autor dos ataques, mas o jovem foi inocentado por falta de provas.

Anúncio

Com a acusação, Kaíque processou Maju e a Rede Globo, com a justificativa de que, após a conclusão das investigações sua carreira profissional foi manchada e que por conta da denúncia ele não estaria mais conseguindo uma colocação no mercado de trabalho. Com isso, o rapaz exige uma indenização de 800 mil reais e uma retratação ao vivo feita pela emissora no jornal.

Deixe sua opinião

Send this to a friend