Luciano Huck entrega relatos de gritos e lágrimas de Angélica na porta de centro cirúrgico

Apresentador Luciano Huck fala sobre sua esposa, Angélica (Foto: Reprodução)
Apresentador Luciano Huck fala sobre sua esposa, Angélica (Foto: Reprodução)

O titular do Domingão, Luciano Huck, fala sobre gritos de Angélica

Luciano Huck falou sobre um dos momentos mais difíceis em que ele e sua esposa, Angélica, viveram. Sendo assim, no livro De Porta em Porta, que confeccionou durante o isolamento social, o apresentador dominical da Globo recordou o acidente grave do filho Benício, o qual ele precisou fazer uma operação às pressas: “Como pais, Angélica e eu vivemos nossas horas de maior angústia e dor. (…) Essas lembranças ainda latejam e doem. (…) A queda de Beni instaurou o horror súbito”.

Anúncio

Veja também: Patrícia Poeta vai parar em hospital e precisa realizar cirurgia às pressas: “Preocupação”

“Angélica e eu ao lado da cama, destruídos, sem chão, sem rumo. (…) Notei minha mulher, a fortaleza da família, ajoelhada e rezando por mais de cinco horas sem parar. Notei uma mãe se jogar no chão de desespero, entre gritos e lágrimas, na porta de um centro cirúrgico. Senti minha vida perder o sentido em meio a tanto medo“, falou em outro momento.

Luciano Huck no comando do novo Domingão, na Globo (Foto: Reprodução)
Luciano Huck no comando do novo Domingão, na Globo (Foto: Reprodução)

Ainda sobre a matéria

Sendo assim, recordando o fato, Benício se acidentou durante as férias da família na Costa Verde, no Rio de Janeiro. Dessa forma, na ocasião, o pequeno, que estava sem capacete, caiu enquanto praticava wakeboard e teve um traumatismo craniano. Além disso, Luciano Huck falou sobre a reação que teve quando Fernando Grostein, seu irmão, revelou sua orientação sexual em 1999.

Anúncio

“Quando Fernando, aos 20 anos, marcou sua posição e falou, ‘olha, eu sou gay, essa é minha vida, isso não é uma escolha, esse é o meu ser, é como eu sou’, eu disse: ‘o.k.’. Mas, num primeiro momento, tive um certo choque”, admitiu. Em seguida, o apresentador Luciano Huck afirmou que a sua reação foi motivada “por razões que têm a ver com a forma obtusa, estúpida e quase desumana como o mundo dita as regras de comportamento”.

Anúncio

No entanto, ele destacou: “Mas também porque você quer que a vida da pessoa que ama seja uma estrada asfaltada, sem buracos e pouco sinuosa. Além disso, ele destaca que no mundo em que vivemos, embora isso esteja mudando, assumir-se gay ainda significa, infelizmente, enfrentar uma dose pesada de preconceito”, disse.

Compartilhar notícia: