Deborah Secco descobre grave problema ao emagrecer para personagem: “À beira da morte”

A atriz Deborah Secco (Foto: Divulgação)
A atriz Deborah Secco (Foto: Divulgação)

A atriz Deborah Secco compartilhou uma revelação impactante ao participar do programa “Que História É Essa, Porchat?”, que foi ao ar na terça-feira (11). Durante sua participação, a artista revelou que enfrentou um sério problema de saúde ao emagrecer para interpretar um personagem.

Continua após o anúncio

Esse episódio ocorreu em 2014, quando a renomada atriz assumiu o papel de Judith no filme “Boa Sorte”. A personagem retratava uma jovem em estágio terminal do HIV na década de 80.

“Era uma personagem terminal de HIV, na época em que HIV matava rapidamente. Quando comecei a fazer a leitura do filme, a gente chegou à conclusão de que eu precisava emagrecer. Porque era uma personagem morrendo, mas com muita vida”, revelou ela.

Deborah Secco choca com desabafo

Além disso, ela precisou fazer uma dieta severa. “Eu, como atriz, queria ficar visivelmente à beira da morte”, revelou. Então, devido a restrição, ela perdeu peso mais rápido do que esperava. “Tinha planejado perder 15 quilos, acabei perdendo 16. Tinha três semanas pré-filme e mais três filmando. Perdi 10 quilos nas três primeiras e cinco até a última semana, quando foi a gravação da morte”.

Continua após o anúncio

Então, ela deu detalhes do cardápio. “Por dia, era um suco verde, um quarto de mamão e só. Estava muito empenhada, ia para a academia, malhava. Ficava duas, três horas na esteira. Comecei a filmar e todo mundo estava muito preocupado. Surpreendentemente, eu tinha uma vitalidade”.

Atriz passou por maus bocados em novela

(Foto: Reprodução)

Mas, devido a situação extrema, ela desenvolveu outros problemas: “Só que fui começando a ter muita fome e vontade de comer. Comecei a comprar comida e eu cheirava, segunda coisa que aprendi: mastigava a comida e cuspia. Quando entro na composição do personagem, entrou na loucura de fazer o máximo que posso. Era um filme muito importante para mim”.

Então, para voltar ao peso normal, ela radicalizou e precisou de intervenção médica. “Na penúltima semana de gravação, comecei a fazer uma lista do que ia comer quando acabasse. E fiz um dia de orgia alimentar. Comi tudo de uma vez e fui parar no hospital. Foi difícil voltar a comer normal.”

Continua após o anúncio
Deixe sua opinião

Send this to a friend