William Bonner entra às pressas e anuncia banho de sangue com mortes ao vivo: “Pânico”

William Bonner (Foto: Reprodução)
William Bonner (Foto: Reprodução)

Durante o programa dessa segunda-feira (26), William Bonner e Renata Vasconcellos noticiaram notícias trágicas, que chocaram o público. Em resumo, incluem caos uma estrada e um atentado dentro de uma escola, causado por um adolescente.

Continua após o anúncio

Sendo assim, Renata já iniciou o programa com uma notícia bombástica. “Uma operação policial deixa sete mortos e motoristas em pânico em vias expressas do Rio”, anunciou a colega de Bonner.

Dessa forma, na sequência William Bonner relatou a tragédia que chocou o pais. “Um adolescente mata uma jovem cadeirante dentro de uma escola, na Bahia”, disparou. A parceira de bancada continuou: “Na Rússia um atirador vestindo símbolo nazista promove massacre de estudantes e se suicida”, falou o âncora.

Ademais, o apresentador continuou relatando o ocorrido na Bahia. “Um adolescente matou uma jovem cadeirante dentro de uma escola no oeste da Bahia”.

Anúncio

“Eram 7h20 da manhã quando o atirador chegou à porta da Escola Municipal Eurídes Santana, conveniada à Polícia Militar, que fica fica em Barreiras, a 871 quilômetros de Salvador. Os alunos fugiram em pânico”, afirmou a reportagem.

Vale ressaltar que o atirador levou três tiros, contudo, afirmam não terem partido da PM. O pai do adolescente que é policial militar, diz não entender como o filho conseguiu pegar a arma.

A vítima, que completaria 20 anos, tinha paralisia cerebral foi morta a golpes de facão. Sendo assim, a notícia deixou o país chocado com tamanha crueldade.

Em outro momento, William Bonner mencionou que foram indiciados os policiais rodoviários que mataram Genivaldo dos Santos com gás lacrimogênio dentro de uma viatura, no mês de maio, no estado de Sergipe.

William Bonner confirma saída da bancada do Jornal Nacional quebra silêncio sobre motivo

William Bonner e Renata Vasoncellos (Foto: Reprodução)
William Bonner e Renata Vasoncellos (Foto: Reprodução)

“Tenho trabalhado só na edição do JN, nesta semana. A voz anda ruim. Ontem, foi mais doloroso estar assim, sem condições de apresentar”, explicou William.

Deixe sua opinião

Send this to a friend