Marcos Mion entrega vida particular, expõe crises no casamento e toma decisão: “Não tem como negar”

Marcos Mion comentou sobre casamento (Foto: Reprodução) Record
Marcos Mion comentou sobre casamento (Foto: Reprodução)

Marcos Mion contou tudo e surpreendeu

O apresentador Marcos Mion da Record falou sobre as crises no casamento com Suzana Gullo. Em entrevista para Astrid Fontenelle hoje (11), ele falou tudo.

Continua após o anúncio

Ele contou que passou por todas as crises possíveis no relacionamento de 15 anos com Suzana Gullo. Ele assume que já discutiu feio de querer divorciar, contudo chegou a um acordo com a esposa de que, não importa o que aconteça, eles continuarão lado a lado.

Marcos Mion contou que viu aumentar seu instinto “guardião da família” durante a quarentena. Falou, ainda, que sua maior revelação afetiva foi o relacionamento com a esposa. “Não tem como negar que a gente se redescobriu”, explicou o artista. Ele explicou que teve que ficar 24 horas dividindo tarefas e acontecimentos com a esposa nesse período, e que isso nunca tinha acontecido.

Veja Também: A Fazenda: Psicóloga analisa comportamento de Raissa e dá veredito final sobre ela: “Transtorno”

Continua após o anúncio

Mais sobre a matéria

Marcos (Foto: Reprodução)
Marcos (Foto: Reprodução)

O apresentador da Record Marcos Mion, porém, falou que, depois de um tempo na quarentena, as brigas retornaram. Ele explicou que os desentendimentos não são tão ruins quanto no início do casamento. Ele contou que os dois tem um combinado de nunca se separar, e que sempre vão se resolver haja o que houver. “Quando a gente briga, é com um pouco mais de paz porque a gente sabe que não vai escalonar para um negócio de “então, vou sair de casa e acabou”. Não vai chegar nesse ponto”, relatou.

Veja Também: Virgínia Fonseca, em polêmica de gravidez com filho de Leonardo, confessa verdade em relato emocionante

Continua após o anúncio

Marcos Mion recordou que o casamento com Suzana começou quando eram muito novos e que, pouco depois de se conhecerem, tiveram um Romeo, que está no espectro autista. “Não foi uma linha reta e tranquila. A gente teve muitos desníveis”, explicou.

Deixe sua opinião

Send this to a friend