Urgente: Maju Coutinho entra às pressas na Globo e expõe clima de guerra em Brasília: “Medo”

Maju Coutinho entrou às pressas na Globo com as notícias do Jornal Hoje (Foto: Reprodução)
Maju Coutinho entrou às pressas na Globo com as notícias do Jornal Hoje (Foto: Reprodução)

A jornalista entrou às pressas na Globo com os destaques do Jornal Hoje

Maju Coutinho entrou às pressas nesta terça-feira, 10 de agosto, com as notícias que mais se destacaram no Brasil e no mundo. Logo de cara, por exemplo, a jornalista da Globo começou falando sobre o clima na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. A apresentadora falou do comboio militar que passou pela praça dos Três Poderes.

Anúncio

O objetivo, no entanto, era o de entregar um convite de um treinamento de rotina ao Presidente Bolsonaro. Mas, o desfile bélico acabou provocando espanto e reações no congresso e aconteceu no mesmo dia que a Câmara deve votar a proposta do voto impresso. Além disso, Maju Coutinho deu destaque para a CPI da Covid-19.

A jornalista ainda falou de um estudo que mostrou que 91% dos mortos por Covid-19 no Brasil de maio a julho não tomaram a vacina ou não estavam com a proteção máxima. Além disso, Maju Coutinho mencionou que no mês passado 3 em cada 10 municípios do Brasil não registraram mortes pela doença. Ela ainda falou da imunização.

A apresentadora da Globo citou que seis capitais entram na reta final do plano nacional de imunização e começaram a vacinar jovens com 18 anos de idade. Maju Coutinho ainda falou que a inflação de julho é a maior do ano puxada pelo preço da energia elétrica. Aliás, ela ainda falou da prisão de 100 suspeitos de agressão a mulheres no Rio de Janeiro.

Anúncio
Anúncio
Maju Coutinho invadiu a programação da Globo (Foto: Reprodução)
Maju Coutinho invadiu a programação da Globo (Foto: Reprodução)

DESTAQUES INTERNACIONAIS

Nos destaques internacionais, Maju Coutinho falou sobre o governador de Nova York, Andrew Cuomo, que renunciou, após um escândalo de assédio sexual. Além disso, a contratada da Globo falou sobre o Uruguai abrir as fronteiras para receber turistas. Outro fato interessante acabou sendo a chegada de Messi a Paris para assinar com o PSG.

Compartilhar notícia: