Crise? Globo, após fim de Libertadores e Fórmula 1, deve perder contrato com a Disney

A TV Globo vem perdendo os principais contratos (Foto: Reprodução)
A TV Globo vem perdendo os principais contratos (Foto: Reprodução)

Globo não deve renovar o contrato com a Disney; saiba o motivo

A situação da Globo, ao que tudo indica, não está fácil. A emissora apresenta algumas dificuldades nesse ano. Sendo assim, está sendo difícil manter seus contratos de exclusividade.

Continua após o anúncio

Veja também – A Fazenda 12 enquete: Biel, Carol, Tays e Mariano; quem deve ficar?

Por exemplo, a Libertadores e a Fórmula 1 foram os primeiros eventos que o canal dos Marinhos não têm mais direitos. A emissora não concorda com os valores propostos e decidiu não renovar com as organizações.

Além disso, a Globo está passando por um processo de unificação. Dessa forma, alguns funcionários estão sendo demitidos para que outros ocupem mais de uma função.

Anúncio

Trata-se, na verdade, do projeto de unificação feita pela emissora. Em sua mudança, a empresa quer interligar áreas e enxugar ao máximo cargos desnecessários.

Mas as mudanças não param por aí. Em 2021, a Globo pode não renovar o contrato de exclusividade com Walt Disney Company em 2021.

Veja também – Filho de Roberto Carlos detalha tratamento contra o câncer e anuncia grave consequência

Acontece que a empresa americana está estreando sua plataforma de streaming na América Latina em novembro, o Disney+.

Sendo assim, além de concorrer com a Netflix no mercado, o Disney+ marcará um novo formato de negócios sobre licenciamento de conteúdo no Brasil que inclui televisão aberta e TV paga.

Ainda sobre a matéria

A informação foi divulgada pelo jornalista Sandro Nascimento. A atual parceria entre Globo e Disney faz com que a emissora carioca possua os direitos exclusivos sobre a contratação de filmes.

Dessa forma, a emissora tem preferência sobre os títulos da empresa americana. A emissora tem prioridade nos filmes que são ofertados.

Globo e Disney (Foto: Reprodução)
Disney seguirá outro caminho (Foto: Reprodução)

O restante, não escolhido pelo canal, pode ser negociado com outras emissoras. Mas a Globo sempre acaba optando pelos melhores títulos, por exemplo a saga da Marvel e clássicos infantis como Frozen e Dumbo.

Logo, sem os direitos exclusivos, a emissora carioca não terá acesso aos principais filmes. Dessa forma, ela poderá apenas ficar com os títulos considerados mais “fracos”.

Anúncio

Sendo assim, o canal não renovará seu contrato no próximo ano.

 

Deixe sua opinião

Send this to a friend