Crise financeira de Lucas Buda pós-BBB 24: “Não voltarei a ser professor”

Ex-BBB Lucas Buda revela luta contra crise financeira pós-reality, descartando retorno à carreira de professor.
Lucas Buda não anda recebendo propostas de trabalho (Foto: Reprodução)

Lucas Buda, ex-BBB 24, desabafou sobre sua situação financeira após o reality show. Em entrevista exclusiva à Quem, o carioca, mais conhecido como Buda, revelou os desafios que enfrenta desde sua saída da casa mais vigiada do Brasil.

Continua após o anúncio

Com o término do programa, Lucas esperava uma enxurrada de oportunidades e publicidades. No entanto, ele se viu confrontando uma realidade cruel de escassez de ofertas. A situação se agravou ainda mais com seu divórcio de Camila Moura, o que, segundo ele, impactou diretamente em suas finanças.

O ex-brother não está apenas lutando contra a falta de oportunidades, mas também enfrenta dificuldades para pagar sua equipe, composta por seis pessoas que acreditam em seu potencial.

“Estou devendo todas elas. São pessoas que acreditam no meu trabalho, que também estão na expectativa”, desabafou.

Continua após o anúncio

A desigualdade entre os participantes do reality, entre os Pipocas e os Camarotes, também é destacada por Lucas. Ele argumenta que, enquanto alguns têm mais estrutura para lidar com as mudanças pós-programa, outros, como ele, lutam para se adaptar.

+ Cazé TV chega ao Samsung TV Plus; plataforma de streaming grátis

Uma das decisões mais marcantes de Lucas após o BBB foi a de não retornar à sua antiga profissão como professor de Educação Física. Ele acredita que seu papel como produtor de conteúdo na internet lhe proporciona uma visibilidade muito maior do que ensinar em uma sala de aula.

“Essa carreira de produtor de conteúdo é muito mais para somar a visibilidade que tenho para expandir a minha voz. Na sala de aula falo para 40 alunos, na internet posso atingir cerca de 1 milhão de pessoas”, explicou.

No entanto, apesar dos desafios financeiros e das incertezas quanto ao futuro, Lucas Buda mantém uma postura otimista e determinada em fazer o melhor com o que tem em mãos. “Agora é gerenciar todo esse caos, esse risco que me coloquei e tentar agir da melhor forma possível para conseguirmos os melhores resultados dentro do cenário que tenho”, declarou.

Continua após o anúncio
Deixe sua opinião

Send this to a friend