Antônio Fagundes não fica calado e detona governo de Bolsonaro: “Circo”

Antônio Fagundes
Antônio Fagundes e Regina Duarte (Foto: Reprodução)

Antônio Fagundes revela “um pouco de raiva” de quem se alia ao Governo Bolsonaro

O veterano ex-contratado fixo da Globo volta a destilar críticas ao governo do Presidente Bolsonaro nesta segunda-feira, 12. Ao alfinetar Regina Duarte e Mário Frias, atores que se entregaram à cargos no governo (e consequentemente se colocaram uma posição questionável diante da imprensa), Fagundes afirma “não ter pena, mas um pouco de raiva” de quem aceita trabalhar com o atual presidente da república.

Continua após o anúncio

Veja Também: Globo corta mordomia e promoverá mais dispensas

Em entrevista para o jornal O Estado de S. Paulo à coluna da Sonia Racy, Antônio Fagundes afirma que a única proposta da secretaria em dois anos “é a de acabar com a Cultura”. Ele afirma “Tenho pena de atores que aceitam esse tipo de coisa. Eles não têm a menor noção de como funciona aquilo ali. Não é uma novela, é um circo com regras próprias. E dependendo do governo, as regras são mais loucas ainda. Agora, não tenho pena de que quem aceita trabalhar neste governo atual. Tenho até um pouco de raiva”.

 

Antônio Fagundes
Regina Duarte, Antônio Fagundes e Mário Frias (Foto:Reprodução)

Antônio Fagundes também justificou o motivo de sua raiva: “Começaram a fazer uma campanha que os artistas mamavam nas tetas do governo. Você já percebia aí uma coisa de mau-caratismo. Eles eram contra a Lei Rouanet. Todo o patrimônio histórico brasileiro está dilapidado, as sinfônicas não estão podendo sobreviver, calaram os circos. E espere: vão destruir também o cinema”.

Continua após o anúncio

Veja também: Rafa Kalliman teria se envolvido na separação de Gusttavo Lima e Andressa Suita

Ainda sobre a matéria

Além de comentar sobre a pandemia do Coronavírus e seu medo de passar o vírus, Antônio Fagundes também comentou sobre seu contrato com a Globo e como seu fim de contrato foi acertado.

Continua após o anúncio

“Estive trabalhando na TV Globo nos últimos 44 anos e (…) o fim do meu contrato é consequência de uma mudança operacional da empresa e eu não vejo isso como um problema não”, explicou.

Deixe sua opinião

Send this to a friend