Pastor André Valadão diz que Deus odeia LGBTQIA+ e entra em nova polêmica

André Valadão (Foto: Reprodução)
André Valadão (Foto: Reprodução)

O pastor da Igreja Lagoinha Global, André Valadão, utilizou suas redes sociais para convocar seus seguidores. Desse modo, o evangélico fez um anúncio de um culto religioso que irá ocorrer em Orlando, nos Estados Unidos.

Continua após o anúncio

No entanto, durante seu discurso, André radicalizou com comentários preconceituosos em relação ao movimento LGBTQIA+. Ele compartilhou uma imagem onde a palavra ‘orgulho’ tinha as cores do arco-íris, símbolo da comunidade LGBTQIA+, e disse:

“Deus abomina o orgulho”. Em junho é comemorado o Mês do Orgulho LGBTQIA+, que é uma ação que luta pelos direitos dessa comunidade, bem como o respeito à diversidade sexual e de gênero.

Em um carrossel de fotos compartilhado no Instagram, André Valadão prosseguiu com sua pregação, dizendo: “O pecado gera orgulho? Decididamente não! A Palavra de Deus é clara quanto a este assunto e ainda deixa bem claro que o pecado tem uma consequência negativa, a vergonha. Portanto, a tendência de quem peca é esconder-se, ou seja, não ‘sair do armário’, já que o pecado gera temor das consequências.”

Continua após o anúncio

Dessa forma, já em um vídeo divulgado em sua página oficial, o pastor, que é declaradamente apoiador do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), aprofundou sua linha de raciocínio, que foi considerada preconceituosa por muitos internautas.

Pastor André Valadão faz ataque a comunidade LGBTQIA+

Pastor André Valadão critica comunidade LGBTQIA+ (Foto: Reprodução)
Pastor André Valadão critica comunidade LGBTQIA+ (Foto: Reprodução)

Ele afirmou que “considera este o mês mais repugnante para Deus na humanidade” e falou que usar esse termo pode irritar e desagradar a divindade, que “abomina e é avesso a todo tipo de comportamento orgulhoso”.

“Olhem como o Espírito Santo lida com a promiscuidade. Hoje, você pode ver uma discussão sobre um homem que se sente como mulher [e] quer competir em competições femininas. Vi recentemente um vídeo da Europa no qual as pessoas se assumem como cachorros, ficam de quatro latindo nas ruas”, reforçando sua opinião com uma passagem bíblica que diz que “ao se acharem sábios, tornaram-se loucos”.

Em resumo, o pastor André Valadão, líder da Igreja Lagoinha Global, aproveitou sua visibilidade nas redes sociais para transmitir sua mensagem religiosa. No entanto, suas opiniões em relação à comunidade LGBTQIA+ foram amplamente criticadas, sendo vistas como preconceituosas e desagradáveis por um grande número de pessoas.

Continua após o anúncio
Deixe sua opinião

Send this to a friend