Sandra Annenberg protege a filha após ataque shomofóbicos: “Não se rotula”

Sandra Annenberg e a filha (foto: Divulgação)
Sandra Annenberg e a filha (foto: Divulgação)

Sandra Annenberg e seu esposo, o jornalista Ernesto Paglia, são pais de Elisa, uma jovem de 19 anos. No dia 11 de junho, os três compareceram juntos à 27ª Parada do Orgulho LGBTQIAPN+, realizada em São Paulo.

Continua após o anúncio

Sandra Annenberg defende filha de ataques homofóbicos

Infelizmente, a apresentadora do Globo Repórter foi alvo de ataques homofóbicos nas mídias sociais devido a essa ocasião.

Mas, Sandra Annenberg defendeu veementemente o direito de cada indivíduo pelo respeito por sua orientação sexual, incluindo sua própria filha.

“Ela nunca definiu nenhuma sigla. Eu respeito qualquer posição que ela tenha. Acho que não tenho nem que questionar isso. Como eu defendo que a sexualidade é de cada um, nunca coloquei rótulos na de ninguém. Ninguém diz que é hétero, então também ninguém tem que dizer que não é”, revelou Sandra em entrevista ao jornal O Globo.

Anúncio

Ela disso, ela completou: “Hoje em dia essa juventude, que é muito esclarecida, simplesmente vive. Não se rotula. Quando a gente entender e respeitar isso vai ser bem diferente. Porque não precisa colocar nada nas caixinhas. Tem que tirar das caixinhas”, complementou ela.

Sandra também abordou os ataques e comentários preconceituosos que recebeu de pessoas mal-intencionadas nas redes sociais.

“Ainda acredito que possa haver diálogo. No meu perfil eu tento conversar. Quem fala já vem com uma agressividade porque sabe que ninguém vai responder. Não precisamos chegar a um consenso, mas no mínimo ouvir um ao outro”, explicou ela.

Sandra Annenberg fala sobre carreira de atriz

Sandra Annenberg (Foto: Reprodução)
Sandra Annenberg (Foto: Reprodução)

Além de continuar à frente do programa Globo Repórter, Sandra Annenberg está redescobrindo outro aspecto de sua carreira. Então, nos anos 1980, ela atuou como atriz, participando de novelas como Pacto de Sangue (1988) e Cortina de Vidro (1989). Agora, após 32 anos, Sandra retorna aos palcos com a peça Pedro e o Lobo, que terá sua estreia no dia 28 de julho no Theatro Municipal de São Paulo.

“Eu que já fui atriz no meu longínquo passado não imaginava voltar para os palcos. Achava que as duas coisas [o Jornalismo e a atuação] eram muito incompatíveis. Mas, quando veio a pandemia, pensei: ‘Agora que estou no Globo Repórter, tenho um pouco mais de tempo, o ritmo é outro. Eu podia talvez voltar a me aproximar disso de novo’.”, contou.

Deixe sua opinião