Atriz Roberta Rodrigues abre o jogo sobre acusação contra diretor da Globo

A atriz da Globo, Roberta Rodrigues (Foto: Reprodução)
A atriz da Globo, Roberta Rodrigues (Foto: Reprodução)

A atriz da Globo, Roberta Rodrigues, denunciou o diretor Vinícius Coimbra durante as gravações de Nos Tempos do Imperador. Desse modo, agora, por meio de seu Instagram a famosa falou sobre o assunto. No entanto, sempre discreta, não abriu totalmente o jogo, apenas agradeceu.

Continua após o anúncio

“Neste momento nós não vamos nos manifestar sobre o ocorrido. Estamos nos recuperando e precisamos de forças para seguir”, escreveu a artista. “Estamos acompanhadas de um corpo jurídico e tudo corre em sigilo”, desabafou.

“Nós queremos agradecer todo apoio, acolhimento, carinho e amor recebidos de todos vocês como cura neste momento: nós não vamos sucumbir por antes de nós, por nós e para além de nós!”, expressou. “Logo em breve será possível falar com todos”, avisou Roberta Rodrigues.

Em resumo, para quem não sabe, há cerca de uma semana, o site Notícias da TV informou que Cinnara Leal, Dani Ornellas e Roberta Rodrigues fizeram um pedido a Globo. As atrizes, pediram para emissora investigar com a equipe, e aproveitaram para denunciar o trabalho do diretor e sua equipe.

Continua após o anúncio

Desse modo, Roberta Rodrigues e as outras atrizes, acusam o diretor de falas preconceituosas. Mas não para por aí! Elas também denunciaram segregação entre atores brancos e negros.

Roberta Rodrigues chegou a citar “racismo reverso”

A atriz da Globo, Roberta Rodrigues (Foto: Reprodução)
A atriz da Globo, Roberta Rodrigues (Foto: Reprodução)

Além disso, a atriz da Globo, Roberta Rodrigues chegou a pontuar uma cena curiosa. Em suma, Pilar (Gabriela Medvedovski), uma mulher branca, estava sofrendo “racismo reverso” por parte de Samuel (Michel Gomes), que é negro, numa situação fora do contexto histórico.

Por fim, na ocasião, Falcão chegou a se desculpar sobre o assunto. “Foi péssimo. Pedimos muitas desculpas. Eu mesma quando vi a cena aqui em casa, falei: o que foi isso? Todos os capítulos que vão ao ar até o 24 foram escritos em 2018, gravados na ampla maioria em 2019. Na época não contávamos com uma assessoria especializada, o que só aconteceu no ano passado, com a entrada do [pesquisador de cultura afro-brasileira] Nei Lopes”.

Continua após o anúncio
Deixe sua opinião

Send this to a friend