Quico, do Chaves, surpreende e anuncia candidatura política no México: “Honra”

Quico, do Chaves, Carlos Villagrán entra no mundo da política (Foto: Reprodução)
Quico, do Chaves, Carlos Villagrán entra no mundo da política (Foto: Reprodução)

Quico, do Chaves, Carlos Villagrán entra no mundo da política

O intérprete de Quico na série Chaves (1971-1980), Carlos Villagrán,  resolveu entrar no mundo da política. No último domingo (10), o ator oficializou a sua pré-candidatura para a prefeitura e o governo estadual em Querétaro, no México.

Continua após o anúncio

De acordo com o humorista, é uma “tremenda honra” poder participar do pleito. “Depois de 50 anos fazendo as pessoas rirem, me encontro em outra plataforma, que me traz uma tremenda honra”, disse Villagrán durante coletiva de imprensa.

Veja Também:  William Bonner ganha mais que Renata Vasconcellos, gera revolta e motivo de diferença salarial é revelado

Em outro momento, o ex-intérprete do Quico criticou a classe politica e falou sobre a legalização do aborto, tema em debate no Estado.

Continua após o anúncio
Quico, do Chaves, Carlos Villagrán entra no mundo da política (Foto: Reprodução)
Quico, do Chaves, Carlos Villagrán entra no mundo da política (Foto: Reprodução)

O ator não é a favor e nem mesmo contra, e, no entanto, prometeu ajudar as pessoas a tomarem a melhor decisão sobre o que farão “com esse milagre que se chama filho”.

Mais sobre a matéria

Carlos Villagrán se filiou ao Partido Querétaro Independiente, e a escolha acerca de qual cargo ele deve concorrer será tomada até 8 de fevereiro. A legenda foi criada em 2017 e essa é a primeira vez que o ator disputa ao governo estadual. As eleições no México estão previstas para ocorrer no dia 6 de junho.

Veja Também: Apresentadora do SBT explode e expõe a verdade sobre Celso Portiolli: “Babaca”

O presidente do partido, Connie Herrera Martínez, falou sobre a candidatura do ex- Quico do Chaves. “Alguns têm lhe criticado muito por ser um ator, porém o homem é um extraordinário estudioso, comprometido, e sua profissão não implica que não tenha um conhecimento sólido a respeito das necessidades”, avaliou a política em entrevista ao site ADN Informativo.

Continua após o anúncio
Deixe sua opinião

Send this to a friend