Mulher denuncia encontro com Ratinho e o que apresentador fez com ela: “Você não é um tribufu”

Joice Hasselmann comentou primeiro encontro com Ratinho (Foto: Reprodução)
Joice Hasselmann comentou primeiro encontro com Ratinho (Foto: Reprodução)

Joice Hasselmann surpreendeu ao falar de início de carreira. Isso porque, antes de ser deputada federal, ela trabalhou na Rede Massa, emissora de Ratinho. Sendo assim, ela falou desse episódio ao podcast Inteligência LTDA.

Continua após o anúncio

Em primeiro lugar, ele comentou sobre o seu trabalho e como isso fez ela chegar a emissora de Ratinho na época. “Eu tinha um programa de política chamado Olho No Olho, mas isso foi depois quando eu quis mostrar a minha cara.

Ratinho tenta se reeguer no SBT (Foto: Reprodução)
Ratinho tenta se reeguer no SBT (Foto: Reprodução)

Veja também – BBB22: Internautas pedem expulsão de Maria, após ‘agressão’ em Arthur Aguiar: “Fora”

Todo mundo ficava se perguntando quem era essa Joice, todo mundo achava que eu era diferente, que eu era muito mais velha, que eu tinha outra aparência, é muito engraçado. A minha voz sempre foi um vozeirão. Todo mundo achava que eu era muito mais velha e com a cara carrancuda”, disse Hasselmann.

Anúncio

Quando estava na emissora de Ratinho, Joice era um verdadeiro sucesso: “Quando eu fui líder absoluta de audiência, eu já tinha tido alguns convites para a televisão, mas eu nunca aceitei já que eu não queria que soubessem o rosto que eu tinha. Quando eu fui um sucesso absoluto no rádio, eu pensei: ‘agora eu sou um sucesso pela minha voz e pelo meu cérebro’. Veio o Ratinho e me convidou para ir para o SBT, a emissora do Paraná é dele”.

RATINHO PENSAVA MAL DELA

Além disso, Joice comentou que o contratado de Silvio Santos tinha uma imagem totalmente diferente dela. Sendo assim, a reação dele foi hilária.  “Ele me convidou através de um gerente de comunicação chamado Acácio. Eu fui até a Rede Massa e o Ratinho estava na porta com algumas mulheres. Eu cheguei e falei: ‘Oi, Ratinho. Tudo bem?’, ele não me deu muita bola. Eu falei pra ele: ‘Eu vim conversar com você’ e ele não entendeu nada, me apresentei e ele: ‘Meu Deus, você não é um tribufu’.”, disse.

Hasselmann ainda completou: “Ele achou que eu era toda acabada. Eu dei risada, é o jeito do Ratinho. Ele me contratou pra eu ir para uma bancada com jornalistas pra falar de política e quando ele viu que eu dominava a mesa, ele me deu um jornal. A gente criou o SBT Paraná que era um jornal estadual em que eu era âncora e comentarista de política”

Deixe sua opinião

Send this to a friend