Morre Rita Lee, rainha do rock nacional, aos 75 anos

Morre Rita Lee, rainha do rock nacional, aos 75 anos, vítima de um câncer

Morre uma das principais lendas do rock brasileiro, a gigante Rita lee nos deixa aos 75 anos de idade.

Continua após o anúncio
Morre
Morreu nesta terça-feira (9) uma das principais artistas do nosso país. /Foto: Reprodução.

De antemão a cantora lutava contra um câncer de pulmão diagnosticado em 2021. Desde então a mesma seguia em constantes tratamentos em busca da cura.

Porém, nesta terça a família da cantora divulgou um comunicado nas redes sociais dela:

“Comunicamos o falecimento de Rita Lee, em sua residência, em São Paulo, capital, no final da noite de ontem, cercada de todo o amor de sua família, como sempre desejou”.

Continua após o anúncio

A rainha do rock brasileiro

Rita Lee foi uma renomada cantora, compositora e instrumentista brasileira que se destacou no cenário musical ao longo de sua carreira. Nascida em 1947, em São Paulo, ela era considerada uma das maiores e mais influentes artistas do rock brasileiro.

Rita Lee iniciou sua trajetória musical nos anos 1960 como integrante da banda “Os Mutantes”, um dos grupos mais importantes e inovadores da época.

Com a banda, ela explorou uma sonoridade experimental, misturando rock psicodélico, música brasileira e influências estrangeiras.

O grupo alcançou grande sucesso, lançando álbuns icônicos como “Os Mutantes” (1968) e “A Divina Comédia ou Ando Meio Desligado” (1970).

Em 1972, Rita Lee deixou Os Mutantes e iniciou sua carreira solo, consolidando-se como uma artista versátil e eclética.

Além disso, ela também experimentou diferentes estilos musicais ao longo dos anos, como rock, pop, música eletrônica e MPB, sempre imprimindo sua personalidade marcante em suas canções.

Rita Lee lançou uma série de álbuns de sucesso ao longo das décadas, incluindo “Fruto Proibido” (1975), que trouxe um de seus maiores hits, “Ovelha Negra”.

Além de sua carreira musical, Rita Lee também se envolveu em projetos literários, escrevendo livros como “Língua de Trapo” (1996) e “Dropz” (2013), nos quais compartilhou suas experiências de vida e pensamentos.

Em suma, ao longo de sua carreira, Rita Lee recebeu vários prêmios e reconhecimentos, incluindo Grammy Latino e Prêmio Multishow de Música Brasileira. Sua música e estilo influenciaram gerações de artistas e continuam sendo apreciados até hoje.

VEJA TAMBÉM: CAUÃ REYMOND E SABRINA SATO TROCAM FLERTES E AGITAM A WEB

Continua após o anúncio
Deixe sua opinião

Send this to a friend