Siga a gente no Google News

EntretenimentoFamosos

Karol Conká esconde parceiros do seus maiores hits e farsa na carreira vem à tona: “Divergência”

Karol Conká no clipe "Tombei" (Foto: Reprodução)

Karol Conká no clipe “Tombei” (Foto: Reprodução)

Karol Conká esconde créditos de parceiros em plataformas de streaming

Parceiro de Karol Conká em três de seus maiores sucessos, o duo Tropkillaz foi omitido como intérprete no títulos das canções publicadas no Spotify e no YouTube. O DJ Nave, produtor de seu primeiro disco, “Batuk Freak” (2013), teve o crédito removido do Spotify.

O Tropkillaz é coautor, produtor e co-intérprete de “Tombei”, “Lalá” e “É o poder”. Que são três das quatro músicas mais ouvidas na carreira da participante do BBB21.  Entretanto, o nome dos autores aparece no cadastro das faixas no Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), e eles recebem os direitos autorais.

Veja TambémLarissa Manoela entra na Justiça após fraude no sistema do Auxílio Emergencial

A remoção dos nomes das plataformas foi feita para alterar a visibilidade dos parceiros. De acordo com informações do G1, a retirada aconteceu após uma divergência com os artistas. Ao site, a assessoria de Karol Conká negou a afirmação e disse que as músicas estão com os devidos créditos.

Crédito de canção de 'Batuk Freak', produzido por Vinícius Nave (Foto: Reprodução/G1)

Crédito de canção de ‘Batuk Freak’, produzido por Vinícius Nave (Foto: Reprodução/G1)

Mas, ainda de acordo com o G1, os Tropkillaz só são creditados em registros de outros canais. Como por exemplo, o clipe de “Tombei”, publicado na página do diretor de funk Kondzilla, e o vídeo de “É o poder”, no extinto selo musical Skol Music.

Veja TambémLívia Andrade e Carlinhos Aguiar, após demissão, devem voltar para o SBT

Nas plataformas, é comum que os artistas listem as participações nos títulos dos vídeos. Mas, no caso de Karol Conká, os créditos aparecem somente na ficha interna do Spotify e nos textos de descrição do YouTube.

Mais sobre a matéria

Recentemente, os fãs interpretaram um tuíte de Zegon, DJ do Tropkillaz, como uma alfinetada a cantora. “Um dia as máscaras sempre caem, não tem jeito”, escreveu Zegon na última sexta-feira (29). Em seguida, Nave respondeu a publicação com risos.

Já Vinícius Nave, o Nave Beatz, produtor do primeiro álbum de Karol Conká, aparece nos canais de streaming como coautor e não como produtor. No Ecad, seu crédito é para receber como arranjador, o que significa que ele recebe um valor menor do que se fosse cadastrado como intérprete.

Parece que você bloqueou as notificações!
Veja também
BBB21

Nego Di se revolta, rompe com a Globo, expõe manipulação e diz que Lucas foi expulso: "Vagabundo"

EntretenimentoGloboNotícias da TV

Globo define substituto de Tiago Leifert no comando do BBB21; saiba quem

BBB21EntretenimentoFamososGloboNotíciasReality Show

BBB21: Sarah questiona se beijo de Gil e Lucas foi 'jogo': "Na hora errada"

BBB21EntretenimentoFamososNotícias

BBB21: Projota confronta Viih Tube após voto: "Você me colocou no paredão"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

site statistics