Globo acusa governo de censura, bate de frente com Bolsonaro e mantém filme de Danilo Gentili no ar

Globo mantém filme polêmico no Globoplay (Foto: Reprodução)
Globo mantém filme polêmico no Globoplay (Foto: Reprodução)

Nesta terça-feira, a Globo, que também é dona das plataformas de streaming Globoplay e Telecine, se manifestou. Isso depois que o Ministédio da Justiça determinou que o filme “Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola” deve ser removido de todas as plataformas de streaming no Brasil.

Continua após o anúncio

Desse modo, durante o ‘Jornal Hoje’, César Tralli leu uma nota em que a emissora relata estar a par das criticas do filme de Fanilo Gentili. No entanto, também deixa claro que entendeu a suspensão do longa como censura. Sendo assim, não cumprirá a decisão.

Portanto a nota da Globo dizia na íntegra:

“O Globoplay e o Telecine estão atentos às críticas de indivíduos e famílias que consideraram inadequados ou de mau gosto trechos do filme Como Se Tornar O Pior Aluno Da Escola. Mas entendem que a decisão administrativa do Ministério da Justiça de mandar suspender a sua disponibilização é censura”.

Anúncio
Danilo Gentili, envolvido na polêmica (Foto: Reproduçaõ)
Danilo Gentili, envolvido na polêmica (Foto: Reproduçaõ)

César Tralli lê nota da Globo

O âncora ainda concluiu a leitura, que dizia que a decisão ofende o princípio da liberdade de expressão, além de ser inconstitucional. Desse modo, não irão cumpri-la. Sendo assim, as plataformas respeitam todos os pontos de vista. Porém deixam claro que o consumo de conteúdo em um serviço de streaming é uma decisão de quem assina os pacotes da plataforma. Por fim, cada família deve decidir o que assistir ou não.

Contudo, a nota que César Tralli leu, finalizou recordando que o próprio governo havia classificado em 14 anos a faixa etária permitida. “O filme em questão foi classificado, em 2017, como apropriado para adultos e adolescentes a partir de 14 anos pelo mesmo Ministério da Justiça que hoje manda suspender a veiculação da obra”.

Anúncio

Vale lembrar que a cena polêmica exibe um personagem pedófilo, interpretado por Fábio Porchat, tentando abusar sexualmente de um jovem.

Deixe sua opinião

Send this to a friend