Genival Lacerda morre aos 89 anos após complicações da Covid-19

Genival Lacerda Covid
Vítima da Covid-19, Genival Lacerda falece aos 89 anos. (Foto: Reprodução)

Por Covid-19, Genival Lacerda morre aos 89 anos nesta quinta-feira (7)

Na reta final da pandemia de coronavírus que se principiou em março de 2020, o início de 2021 não parece ser menos difícil, agora que temos mais de 1.000 mortes por dia de novo. E assim, sem seguir as normas da OMS para evitar a propagação do vírus e da Covid-19, membros do grupo de risco ficam expostos à doença. Dessa forma, o cantor de forró Genival Lacerda, membro do grupo de risco, acabou falecendo nesta quinta-feira (7) em decorrência de complicações da doença.

Veja também: William Bonner faz deboche ao vivo e imita Jair Bolsonaro no Jornal Nacional: “Igual”

Na UTI desde 30 novembro, o cantor estava com internação grave há mais de 38 dias. Com 89 anos, o cantor de forró e dono do hit ‘Severina Xique-Xique’ acabou não resistindo às complicações da doença. Os seguidores do cantor descobriram a informação via redes sociais. Mais especificamente pelo seu filho, que usou seu perfil das redes para comentar: “Painho faleceu”, em uma imagem com fundo preto. Contudo, até o momento, ainda não divulgaram quaisquer datas e horários para velório ou enterro.

Dessa forma, internado em caso grave desde 30 de novembro, o quadro piorou no dia 10 de dezembro, quando o diagnóstico oficial foi de pneumonia gravíssimo. Sendo assim, desde então, o quadro do famoso só piorou dia após dia. Na última segunda-feira (4), o artista estava respirando apenas por aparelhos e sem previsão de alta. Com 70 discos, o cantor é dono de diversos hits e representa um doss nomes mais importantes para o forró nacional.

Genival Lacerda Covid
Genival Lacerda é mais uma vítima de Covid-19. (Foto: Reprodução)

Veja também: Antonia Fontenelle rasga o verbo e detona Taís Araújo após novo trabalho: “Não acerta uma”

A pandemia do coronavírus em território nacional já levou diversos artistas, sendo a penúltima a atriz Nicette Bruno, também membro do grupo de risco. Sendo assim, com mais de mil mortes por dia, o Brasil vive uma nova fase e um pico da segunda-onda, após as festas de fim de ano. Mas, até o momento, não existe perspectiva de controle da doença no país, especialmente por não haver uma data de vacinação. Sendo assim, até o momento, existem apenas as recomendações da OMS.

Parece que você bloqueou as notificações!

Siga o Gerou Buzz no Google Notícias e receba informações bombásticas das novelas, TV, e famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Vitor Melchior
Me chamo Vitor Melchior, tenho 18 anos e moro na cidade de São Carlos, São Paulo. Sou formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Desde muito novo gostava de ler e escrever. A informação sempre fez parte da minha vida. Escrevi o livro Hebet Focus - Soturna Divindade e consegui realizar um dos meus sonhos. Atualmente, escrevo matérias para o site Gerou Buzz. Em caso de dúvida, reclamações ou sugestões, entrar em contato pelo email [email protected]
site statistics