Ex-BBB Diego Alemão é denunciado pelo MPF e crimes são vazados: “Infelizmente”

Ex-BBB Diego Alemão é denunciado pelo MPF (Foto: Reprodução)
Ex-BBB Diego Alemão é denunciado pelo MPF (Foto: Reprodução)

O ex-participante do BBB foi denunciado pelo MPF; até a manhã desta terça (27) não havia o pronunciamento da Justiça sobre o caso.

Ex-BBB Diego Alemão, do Big Brother Brasil, da TV Globo, foi alvo de uma denúncia do Ministério Público Federal nessa segunda-feira (26).

Continua após o anúncio

Veja também – Globo fatura mais de R$ 1 milhão de concorrente em 30 segundos no Jornal Nacional

O rapaz ficou famoso por ter faturado o prêmio máximo do reality show. No entanto, anos após deixar o programa, o rapaz vem sendo destaque na mídia por outros motivos.

Não é raro ver o nome de Alemão envolvido em uma confusão. O próprio MPF fez a denúncia por achar que o famoso cometeu crimes de embriaguez ao volante, lesão corporal, desacato e ameaça.

Anúncio
Ex-BBB Diego Alemão acabou se envolvendo em um acidente de carro (Foto: Divulgação)
Ex-BBB Diego Alemão acabou se envolvendo em um acidente de carro (Foto: Divulgação)

De fato, o ex-BBB se envolveu em um acidente em abril e chegou a ser preso. No entanto, ele foi solto um dia depois após pagar fiança de 7 mil reais.

Em maio, Diego foi indiciado pela Polícia Civil pelos mesmos crimes. No dia do ocorrido, Alemão teria dado um soco no outro motorista e desacatou a equipe.

Veja também – Cássia Kis solta o verbo, alfineta atrizes na Globo e dispara: “Passam a vida em campanha de xampu”

Além disso, Diego Alemão se recusou a fazer o teste do bafômetro. O acidente ocorreu na Rua Alencar Guimarães , no bairro Santa Quitéria, e envolveu o carro do ex-BBB e do motorista de aplicativo Fábio Reis Rosário.

Ainda sobre a matéria

O advogado de defesa de Diego Alemão se manifestou. Em nota, o profissional afirma que “um simples acidente de trânsito, sem prejuízos patrimoniais e sem vítimas, se transformou em uma cruzada acusatória” contra o seu cliente.

 “Desde o início Diego buscou soluções pacíficas para o caso, mas, infelizmente, se deparou com pessoas mal intencionadas, que buscaram indevidas vantagens econômicas e publicidade com o caso”, segue a nota do advogado.

No dia 22 de abril, três homens suspeitos de extorquir Diego Alemão foram presos. Dessa forma, a polícia informou que os três procuraram a defesa de Alemão e exigiram R$ 50 mil para não expor novos vídeos e também se propuseram, com o pagamento, a testemunhar a favor do ex-BBB, conforme a defesa dele preferisse.

Deixe sua opinião

Send this to a friend