Denilson expõe dívida milionária de Belo, o humilha e faz cobrança em público: “Não pode ser normal”

Denilson expõe dívida de Belo (Foto: Reprodução)
Denilson expõe dívida de Belo (Foto: Reprodução)

Após anos de discussões, a briga judicial entre Denilson e Belo parece que não vai acabar tão rápido. Em resumo, o apresentador voltou a cobrar o cantor publicamente, dizendo que não consegue entender como ele pode viver uma “vida normal” enquanto convive com uma dívida.

Continua após o anúncio

Veja também – Gênesis: Adurrá é desmascarado como traidor e tem fim merecido após cometer atrocidades

Dessa forma, em participação ao Flow Sport Club, o ex-jogador se revoltou com o silêncio de Belo e voltou a cobra-lo publicamente.

“A história do artista é surreal. É aquela que você olha e fala: ‘Não é normal’. Não pode ser normal um cara te dever e dormir tranquilo. Não pode ser normal. Peguei um café na Band hoje, puxei a carteira, estava sem dinheiro. Perguntei quanto era. A tia disse que era R$6,50. Falei: ‘Cara***’, tudo isso um café com leite?’. Eu saí, fui no caixa eletrônico e fiquei preocupado para pagar logo”, disse o contratado da Band durante entrevista ao Flow Sport Club, no YouTube.

Anúncio

Mesmo após a redação do O Canal ter informado que havia um possível acordo entre Denilson e Belo, o ex-atleta falou que tinha decidido renunciar a muito dinheiro para acabar logo com a briga judicial e que ambos chegaram a se entender. Contudo, segundo o apresentador, o acerto não foi concluído.

Denilson (Foto: Reprodução)
Denilson (Foto: Reprodução)

“Então, o cara me deve, não me pagou ainda. A gente tentou fazer um acordo agora. Da parte dele, divulgaram que tinha feito o acordo e que estava pagando, que está tudo certo, ia parar com as penhoras do show. Parar p**** nenhuma! Cantou, o bagulho vai cantar lá na porta também, vai chegar oficial de justiça. O ‘bagulho tá louco’. Não tem conversa”, assim, disse Denilson.

DENILSON CONTA QUE IA FAZER ACORDO COM BELO, MAS NÃO DEU CERTO

E para finalizar ele explicou em detalhes sobre o acordo: “Eu ia fazer um acordo, abrir mão de ‘uma picanha’, perguntei quanto ele queria pagar, só não queria mais o meu nome com o dele. Eu sou carreira solo, não sou dupla sertaneja. Aí, tudo certo. Meu jurídico foi lá, bateu o ‘barato’ do jeito certo e cadê? Aí, a gente fica assim: ‘O que está acontecendo?’ Vai ficar assim: oficial de justiça batendo, dando dor de cabeça e ele vivendo a vida. É simples assim, não tem segredo. Ele deve e eu quero receber”.

Deixe sua opinião

Send this to a friend