Chico Pinheiro, após afastamento, deve ser demitido da Globo

Chico Pinheiro (Foto: Reprodução / TV Globo)
Chico Pinheiro (Foto: Reprodução / TV Globo)

Chico Pinheiro estaria na mira da Globo; atitudes recentes do jornalista e decisão de última hora da emissora podem fazer com que a renovação do contrato não ocorra

Por causa do atual momento que estamos passando, a Globo resolveu afastar jornalistas como Chico Pinheiro, que tem mais de 60 anos e pertence ao grupo de risco.

Consequentemente, quem acompanha o Bom Dia Brasil, noticiário em que Chico comandava, passou a assistir o telejornal apenas com Ana Paula Araújo, que até então formava a dupla na apresentação com o jornalista.

E, ao que tudo indica, Chico Pinheiro, mesmo quando tudo isso passar, não deve continuar na apresentação do matutino. Isso porquê a TV Globo estaria pensando em demitir o profissional, como informa a jornalista Keila Jimenezz.

Acontece que o contrato de Chico Pinheiro e a emissora vence exatamente esse ano. Sem nenhuma previsão de volta, o canal carioca poderá se desinteressar pelo passe do jornalista, o que geraria uma demissão.

Há quem afirme que a relação de Chico Pinheiro e a Globo não é das melhores. O contratado já foi alvo de comentários após um possível áudio ter sido vazado.

No conteúdo divulgado, Chico Pinheiro teria defendido o PT  o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, o que vai de encontro com as políticas da TV Globo, na qual tenta, ao máximo, passar um ar de imparcialidade.

Consequentemente, boa parte do público passou a enxergar o jornalista com outros olhos. Muita gente não gostou do fato de um apresentador da principal rede do país defender um partido político.

Apesar disso, o profissional sempre demonstrou ser bastante crítico ao governo de Jair Bolsonaro. Em seu perfil na rede social, é constante o número de postagens que detonam o atual Presidente.

Essa não seria uma postura adequada e defendida pela alta cúpula da TV Globo. O jornalista, inclusive, vire e mexe, vai parar entre os assuntos mais comentados do Twitter, geralmente por simpatizantes de Bolsonaro.

Chico já tem 24 anos dentro da emissora carioca. Sua saída, dada como certa por alguns, ainda não é totalmente confirmada.

Afinal, a Globo costuma demitir funcionários que já não estão mais na ativa na programação da emissora ou que não trazem mais o resultado esperado, como foi o caso de Renato Aragão e Jô Soares.

Para completar, a emissora, em se tratando de Jair Bolsonaro, é bastante crítica ao atual governo. Os dois trocam diversas farpas e o jornalismo da Globo passou a adotar uma postura mais agressiva.

Mas, como já defendia Isaac Newton, para toda ação, existe uma reação. O atual Presidente não deixa barato e revida como bote as matérias que vão ao ar nos noticiários da Globo.

PRESIDENTE ATACA A EMISSORA NESSE ÚLTIMO FINAL DE SEMANA

Nesse último domingo, 23 de agosto, por exemplo, Jair Bolsonaro voltou a virar assunto ao deixar o Palácio para dar uma volta em Brasília. Indo de encontro as recomendações de órgãos de saúde, o ex-deputado reuniu vários seguidores.

Em dado momento, sendo acompanhado pela imprensa, um repórter do jornal O Globo, pertencente a empresa que o jornalista Chico Pinheiro trabalha, acabou questionando ao Presidente sobre o “processo da rachadinha”.

O profissional queria saber como depósitos feitos por Fabrício Queiróz haviam caído na conta de Michele Bolsonaro, a primeira dama.

Imediatamente, Jair Bolsonaro demonstrou uma reação agressiva e detonou o jornalista, o ameaçando de dar um “murro no meio da boca”.

O fato aconteceu durante o dia. Mais tarde, no programa Fantástico, a Globo repudiou o gesto cometido pelo atual Presidente.

Essa relação entre a emissora e o político vem sendo pauta de diversas notícias na imprensa que cobre a situação. Dessa forma, Chico Pinheiro estaria se encaixando no atual perfil do jornalismo da Globo.

Mas há quem afirme que o fato do jornalista ter defendido com bastante ênfase o Partido dos Trabalhadores foi o ponto crucial para a TV Globo pensar na demissão.

JORNALISTA JÁ VINHA CRITICANDO BOLSONARO NO BOM DIA BRASIL

No final do ano passado, inclusive, Chico Pinheiro foi notícia ao criticar o presidente ao vivo no Bom Dia Brasil. Na ocasião, Bolsonaro havia informado que iria fundar um partido e escolheu o número 38 para a representação.

O fato incomodou o jornalista, já que a numeração faz referência a um objeto de defesa utilizada por muitos. Para Chico, o fato do Brasil ser um país tão violento vai de encontro a escolha feita pelo atual presidente.

No entanto, é válido destacar, Jair Bolsonaro não conseguiu um número suficiente de nomes para fundar um novo partido. Por causa disso, é bem provável que o algoz da Globo e de Chico Pinheiro volte ao PSL.

Caso se concretize a situação, Bolsonaro retorna após uma grave briga que teve um o presidente do PSL, Luciano Bivar. No entanto, atualmente, o presidente tem um bom índice de aprovação, o que pode viabilizar o retorno.

Parece que você bloqueou as notificações!

Siga o Gerou Buzz no Google Notícias e receba informações bombásticas das novelas, TV, e famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Débora Vanessa
Me chamo Débora Vanessa, moro em Maceió, tenho 18 anos. Estou cursando Letras - Língua Portuguesa, especialista em produção e revisão textual. Atualmente, no entanto, concilio meu curso com a função de redatora do site Gerou Buzz. Sempre antenada no mundo dos famosos, busco trazer as melhores notícias e os maiores babados. Dúvidas, reclamações, ou sugestões: Contato: [email protected]
site statistics