Ana Paula Araújo invade jornal às pressas com notícia de morte de repórter da Globo: “Restos mortais”

Jornalista Ana Paula Araújo no Bom Dia Brasil (Foto: Reprodução)
Jornalista Ana Paula Araújo no Bom Dia Brasil (Foto: Reprodução)

Na redação do Bom Dia Brasil, nesta sexta (17), Ana Paula Araújo apareceu ar mais cedo, no decorrer do Bom Dia São Paulo, e realizou um link com Rodrigo Bocardi para falar dos destaques da vez. Tudo após briga com Chico Pinheiro.

Continua após o anúncio

O principal tema, tal como nos outros dias, em suma, foi o falecimento de um indigenista e um jornalista em meio à floresta. Vale declarar além disso que é raro esse tipo de interação entre Ana Paula Araújo e Bocardi na Globo.

Distinto de César Tralli e Alan Severiano, que se conversam todo dia no SP1. Aparentemente, a Globo está tendo a mesma estratégia assim para os informativos da manhã. Dessa forma, ela invadiu o Bom Dia São Paulo e disse sobre o incidente que chocou o país e o mundo. “Estamos de olho nas investigações do caso do Amazonas”, iniciou Ana Paula Araújo.

“Hoje serão retomadas as buscas pela embarcação onde estavam Bruno Pereira e Dom Philipps”, declarou. “E a perícia dos restos mortais que foram encontrados, começa também hoje em Brasília. A confirmação da identidade pode sair já nos próximos dias. A gente vai mostrar autoridades e ambientalistas cobrando punição pros crimes”, disse ela na Globo.

Anúncio
Vítimas de criminosos (Foto: Reprodução)
Vítimas de criminosos (Foto: Reprodução)

Ana Paula Araújo dá os últimos destaques

Em seguida, ela indagou se Rodrigo Bocardi já tinha tomado a vacina para gripe e ele falou que sim. “Muita gente certamente está se esquecendo da vacina da gripe, a adesão está muito baixa, principalmente em mulheres grávidas e crianças”, disse. Para quem não sabe, Dom Phillips, repórter britânico, e Bruno, indigenista, trabalhavam no Amazonas e estavam investigando a pesca proibida.

Como informa Ana Paula Araújo, dessa forma, ficaram sumidos por 11 dias, até que os responsáveis do crime disseram o que realizaram. Segundo eles, se sentiram incomodados ao observarem o jornalista fazer fotografias da pesca ilegal no local, e por isso assassinaram os dois, cortando os corpos e atirando os restos em uma vala.

Deixe sua opinião