Últimas palavras de Lázaro Barbosa antes de morrer são reveladas e causam medo por ameaça

Lázaro Barbosa morreu durante confronto com os policiais (Foto: Reprodução)
Lázaro Barbosa morreu durante confronto com os policiais (Foto: Reprodução)

O bandido resistiu, dessa forma suas últimas palavras acabou sendo uma ameaça aos policiais

A caçada a Lázaro Barbosa durou nada mais, nada menos do que 20 dias. Na segunda-feira, 28 de junho, a força-tarefa conseguiu, finalmente, capturar o bandido. Mas, durante a ação acabou rolando uma troca de tiros intensa entre a polícia e o homem. Dessa forma, ele acabou levando a pior e morrendo.

Continua após o anúncio

Mas, antes de morrer, Lázaro Barbosa acabou fazendo uma série ameaça aos policiais que haviam avistado ele no meio da mata. “Se entrar vai levar tiro na cara”, teria dito o bandido. Sendo assim, a informação é de um policial que atuou nas buscas pelo homem que foi capturado em Águas Lindas de Goiás.

Veja também – Maju Coutinho assusta na Globo ao entrar às pressas com notícia de última hora: “Desistiram”

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, comemorou: “Como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do País, capturasse o assassino Lázaro Barbosa. Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido”.

Anúncio

Antes de morrer, Lázaro Barbosa descarregou uma pistola contra os policiais. Ele acabou sendo atingido com tiros no peito, barriga e cabeça. Dessa forma, a análise do IML apontou que ele levou 39 tiros. Vale lembrar que o bandido estava sendo procurado sob a suspeita de ter cometido uma série de crimes brutais.

Lázaro Barbosa morreu durante confronto com policiais (Foto: Reprodução)
Lázaro Barbosa morreu durante confronto com policiais (Foto: Reprodução)

VELÓRIO DE LÁZARO BARBOSA

Dessa forma, o corpo de Lázaro Barbosa chegou a uma funerária do Distrito Federal na quarta-feira, 30 de junho. O cadáver estava no Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia, mas acabou sendo trazido para uma funerária que tem sede na Asa Sul. Sendo assim, o velório do suspeito está previsto para esta quinta-feira (1°), em Cocalzinho (GO), em uma cerimônia restrita.

Deixe sua opinião

Send this to a friend