Policial Militar mata colegas de farda em base de SP

Policial Militar mata colegas de farda em base da PM em Salto, São Paulo

Policial Militar tranca base com colegas dentro e efetua disparos. Capitão e outro sargento morreram no local.

Anúncio
Policial Militar
Vítimas eram colegas de trabalho do atirador/Foto: Reprodução.

De antemão mais um atentado envolvendo policiais vira manchete nos jornais. Desta vez o caso aconteceu entre policiais militares de SP.

Antes de mais nada, na manhã desta segunda-feira (15) um sargento da policia militar matou dois colegas de trabalho dentro da base em Salto (SP).

Segundo informações um sargento, identificado como Gouveia, invadiu e trancou uma sala na 3ª Companhia da Polícia Militar de Salto e atirou contra as vítimas, o sargento Roberto da Silva e o capitão Josias Justi, comandante da PM na cidade que morreram ainda no local.

Anúncio

Ademais, os disparos foram feitos com um fuzil. A motivação do crime ainda é desconhecida porém o atirador se entregou e se encontra detido.

A Secretária de Segurança Pública (SSP) acompanha o caso por perto para dar esclarecimentos do que motivou o policial a cometer o crime.

“É com extremo pesar que a Polícia Militar informa que nesta segunda-feira (15), por volta das 9h, dois policiais militares foram atingidos por disparos de arma de fogo efetuados por um Sargento da Instituição por razões ainda a serem esclarecidas. O crime ocorreu nas dependências da 3ª Companhia do 50º Batalhão de Polícia Militar do Interior (50º BPM/I), situada na cidade de Salto. Infelizmente, as vítimas entraram em óbito. Todas as providências de Polícia Judiciária Militar estão em andamento neste momento e a Corregedoria da Instituição acompanha as apurações”,

Anúncio

Em suma este não é um caso isolado, visto que na madrugada deste domingo (14) um policial civil matou quatro colegas em uma delegacia do Ceará.

Compartilhar notícia: