MC Poze, após ter prisão decretada por show em favela, faz apelo dolorido: “Minha família depende de mim”

MC Poze se pronunciou após ter sua prisão decretada (Foto: Reprodução)
MC Poze se pronunciou após ter sua prisão decretada (Foto: Reprodução)

Polícia perseguiu MC Poze e outros funkeiros após show em uma comunidade do RJ

A pandemia causada pelo Coronavírus mudou, radicalmente, a rotina de milhões de brasileiros. Apesar do número de mortes vir crescendo a cada dia, ainda existem aqueles que insistem nas aglomerações. Porém, ao menos no Rio de Janeiro, a polícia está agindo com rigor. Tanto que as autoridades pediram a prisão do cantor MC Poze do Rodo, Negão da BL e outros 12 artistas.

Continua após o anúncio

Eles estão sendo acusados pelos crimes de infração de medida sanitária preventiva, epidemia e associação ao tráfico de drogas. De acordo com as primeiras informações que foram divulgadas, MC Poze do Rodo e os demais nomes citados participaram de bailes funks durante o carnaval no Rio de Janeiro gerando aglomerações em meio a pandemia do Coronavírus.

Veja também – RedeTV! é condenada a pagar indenização após Encrenca fazer brincadeira com mulher

Para se ter uma pequena dimensão da gravidade, as festas, segundo apontou as investigações, estão sendo realizadas a céu aberto nas comunidades, sob autorização e responsabilidade dos grupos criminosos que comandam essas área. Diante das acusações, MC Poze resolveu se pronunciar através de sua conta no Instagram e fez um desabafo através de seus Stories.

Continua após o anúncio

https://www.instagram.com/p/CL9b0YCFfvg/?igshid=19igwwzgdvgmo

“Por que tudo isso comigo? Porque tenho minha família que só mora comigo, dependem de mim pro pão de cada dia em casa, eu mereço ser feliz sou bom, quem me conhece sabe. Parem com isso por favor eu só quero ser um pouco feliz”, apelou MC Poze. Nos comentários, os internautas se dividiram e questionaram o fato de apenas as pessoas que tocam em favelas estarem sendo punidos.

Continua após o anúncio

AINDA SOBRE O POST

Outro que passou pela mesma situação foi o cantor Belo. Ele foi preso em fevereiro deste ano por realizar um show clandestino em uma escola pública localizada no Complexo da Maré, comunidade do Rio de Janeiro.

Deixe sua opinião

Send this to a friend