Marcos Mion, na véspera de estreia na da Globo, faz dura reclamação: “Sem empatia”

Marcos Mion apresentará o Caldeirão, substituindo Luciano Huck, na Globo (Foto: Reprodução)
Marcos Mion apresentará o Caldeirão, substituindo Luciano Huck, na Globo (Foto: Reprodução)

Apresentador Marcos Mion substituirá Luciano Huck no Caldeirão da Globo

Marcos Mion, que fez muito sucesso como apresentador de A Fazenda 12, irá estrear na Globo no próximo sábado (4). Sendo assim, agora com o “Caldeirão” sob seu comando, o artista revela que sonhou com o cenário do programa, visto a ansiedade. “Estão sendo dias insanos. Sempre termino mentalmente exaurido. Sei que tem que falar “Estúdios Globo”, mas não na minha vez. Deixa eu falar ‘Projac”, se divertiu o apresentador de 42 anos em entrevista recente.

Anúncio

Veja também: Após marido de Sandy expor separação, Xororó vai a público e faz anúncio: “Estava na hora”

Recentemente, Mion fez críticas as falas recentes de Milton Ribeiro, Ministro da Educação, que afirmou que crianças com deficiência intelectual “atrapalham” o aprendizado das outas em sala de aula. “Esse cara é um irresponsável. No momento em que você se torna uma pessoa que tem que representar os interesses públicos e não tem empatia, você está no lugar errado. Ele não tinha que estar lá”, desabafou o apresentador.

Mion entrou na Globo como substituto direto de Luciano Huck, que irá estrear o “Domingão do Huck” no dia seguinte ao da estreia de Mion. Além disso, sabe-se que o apresentador que veio da Record TV, irá ficar no posto até o final de dezembro. No entanto, ele fala que vai colocar seu próprio estilo no programa que segue no ar desde o ano 2000.

Anúncio
Mion estreará seu Caldeirão no próximo sábado (Foto: Reprodução)
Mion estreará seu Caldeirão no próximo sábado (Foto: Reprodução)

Ainda sobre a matéria

“As pessoas podem esperar diversão, risada, alegria, alto-astral, o que gosto de fazer. Viemos de um período muito doído, de sofrimento. Um objetivo conceitual do programa é fazer parte desse momento de retomada do sorriso”, afirmou Marcos Mion. Como a pandemia da Covid-19 ainda não acabou, o público do “Caldeirão” é reduzido, com todos testados e vacinados. “É uma plateia reduzida ainda, mas dá um gostinho. Não só eu, mas os artistas musicais não veem isso há muito tempo”, disse Mion.

Anúncio

Um dos quadros que Mion deve apresentar no novo “Caldeirão” é o “Isso a Globo Mostra”, onde ele vai analisar quadros da emissora em frente a um chroma key. Além disso, sabe-se que é uma versão do “Os Piores Clipes do Mundo”, que o alçou à fama nos anos 2000, na MTV Brasil. “Na filosofia, dizem que, se você tiver uma ideia original na vida, não vai passar de uma. Essa foi a minha ideia original”, afirmou.

Compartilhar notícia: