Fina Estampa: Celeste tem final incompreendido e gera revolta: “Não merecia”

Celeste e Baltazar em Fina Estampa (Foto: Reprodução)
Celeste e Baltazar em Fina Estampa (Foto: Reprodução)

Fina Estampa chega ao final

O final de Celeste (Dira Paes) será feliz mas completamente politicamente incorreto em Fina Estampa, atual novela das 21h da TV Globo.

Continua após o anúncio

Isso porque na novela de Aguinaldo Silva de 2011, mesmo após apanhar inúmeras vezes de Baltazar (Alexandre Nero) e ter denunciado o rapagão para as autoridades, a mãe de Solange (Carol Macedo) terminará a novela perdoando o Baltazar e o colocando de volta para seu lar.

Veja Também: Resumo Quando Me Apaixono SBT: capítulos atualizados de 18/09 a 25/09/2020

Após o último surto do zoiudo em Fina Estampa, que espancou na mulher ao vê-la atendendo um cliente em seu restaurante, a mãe da Sol do Recanto revidou as agressões e o expulsou da casa. Embora o público achasse que finalmente esse seria o fim do relacionamento tóxico, vai haver uma reviravolta.

Continua após o anúncio
Motorista volta para casa (Foto: Reprodução)
Motorista volta para casa (Foto: Reprodução)

Voltou

O homenzarrão foi acolhido por Crô (Marcelo Serrado) por algumas noites em Fina Estampa, contudo a amiga da Griselda o aceitou de novo com a condição de que dormisse na sala e ficasse responsável por lavar a louça de vez em quando. Na cena de quarta (16), Baltazar questionou se eles voltarão a ser esposa e esposo, e Celeste deu uma chance para ser reconquistada novamente pelo sujeito que tanto a fez sofrer e completamente desequilibrado.

+ Veja Também: Novela das 21h: Tereza Cristina tem final trágico em barco em alto-mar

Continua após o anúncio

E toda essa situação constrangedora em Fina Estampa ainda foi apoiada por uma trilha sonora que dizia que “quando a gente fica junto, tem briga. Quando a gente se separa, saudade”, como se as agressões fizessem parte do relacionamento. Vale dizer que o mesmo não aconteceu em O Outro Lado do Paraíso, em 2017, com Clara dando um pé na bunda definitivo em Gael (Sérgio Guizé).

Deixe sua opinião

Send this to a friend