Saiba o que está por trás do choro desesperado de Casagrande pela morte de Maradona

Walter Casagrande lamentou a morte de Maradona (Foto: Reprodução)
Walter Casagrande lamentou a morte de Maradona (Foto: Reprodução)

Walter Casagrande lamentou a morte de Maradona

No Jornal Hoje desta quarta-feira (25), Walter Casagrande falou ao vivo sobre a morte de Diego Maradona. O comentarista não conseguiu conter a emoção e chorou durante o programa.

Continua após o anúncio

Ex-jogador de futebol, ele citou a luta que ambos enfrentavam: a dependência química. “Eu sofro muito quando morre um dependente químico”, disse.

“Estou bem chocado. Joguei na mesma época que ele na Itália, com o irmão dele, tive bastante contato. Sempre me tratou muito bem. Sempre tive essa preocupação com o problema da dependência química, que eu também tenho e me tratei”, desabafou Casagrande.

Veja também: Pelé chora morte de Maradona e faz desabafo: “Espero que possamos jogar bola no céu”

Anúncio

“Sempre fiquei revoltado com quem estava ao redor dele. Quem estava ao redor, estava vendo ele indo para o fundo do poço, destruindo a vida dele. E ninguém fez alguma coisa para evitar isso”, lamentou o comentarista da Rede Globo.

Mais sobre a matéria

Ao longo de 57 anos,  Casagrande fez uso de  álcool e drogas como cocaína e heroína durante 37. Na Copa do Mundo de 2018, Walter comemorou seu primeiro evento futebolístico sóbrio, emocionando os colegas, como Galvão Bueno, durante a transmissão da final entre França e Croácia.

O astro Maradona também falava abertamente sobre o vício.  “Eu era, sou e serei um viciado em drogas”, disse o jogador em 1996. Boa parte dos problemas de saúde que precisou enfrentar ao longo da vida foram consequências de sua dependência química. Após aposentar dos gramados em 1997, enfrentou um período crítico entre 2000 e 2004.

Walter Casagrande lamentou a morte de Maradona (Foto: Reprodução)
Walter Casagrande lamentou a morte de Maradona (Foto: Reprodução)

No início do mês, Maradona precisou realizar uma delicada cirurgia no cérebro e foi recomendado cautela com sua dependência de remédios e álcool. O astro faleceu após sofrer uma parada cardiorrespiratória nesta quarta-feira (25), na Argentina.

Veja também: José de Abreu é detonado após comentário sobre morte de Maradona: “Cheiradaço”

“Eu fico chocado pela perda de um grande jogador, um cara que conheci e gostava muito, e por um dependente químico, porque eu sofro muito quando morre um dependente químico”, falou Casagrande. “A morte do Maradona é a morte de um pouco de todos dependentes químicos”, avaliou ele, emocionado.

Deixe sua opinião

Send this to a friend